Amigos Multifloranet

Lírio Beladona

14:23 Posted by Multiflora Fernandopolis



O Amaryllis belladonna possui flores rosadas e perfumadas que surgem do fim do Verão até o Outono no alto de suas hastes de até 60 cm de altura.
Essa bela herbácea perde suas longas folhas de até 70 cm de comprimento nesta época e só voltam a brotar após o término da florada.

E originária da Africa do Sul onde o clima é o Subtropical, mas resiste bem ao clima Tropical de altitude, sua reprodução se dá por divisão dos bulbos (tipo de caule subterrâneo) e deve ser cultivada em solo fértil.


Arvores Lendárias - Boyington

13:53 Posted by Victinho Fernandópolis


Uma grande árvore de carvalho na cidade de Mobile no Alabama, tem uma curiosa e estanha história que desafia a lógica.  
Chamado de Charles Boyington, este majestoso carvalho recebeu este nome por causa de uma tenebrosa e inusitada historia que envolve a morte de duas pessoas.
No ano de 1834 numa noite quente de maio, no cemitério da cidade, Boyington foi visto caminhando na companhia de um amigo, Nathaniel Frost, até aí nada demais, mas logo após pessoas terem presenciado este acontecimento, Natanael desapareceu e só foi encontrado dias depois, morto nas proximidades do do referido cemitério.
Naturalmente Boyington tornou-se o principal suspeito do desaparecimento e morte de Nathaniel, o jovem então foi preso e declarado culpado em razão da evidência circunstancial.
Boyington foi levado à forca mas não admitia o crime e se declarou inocente até o dia de sua morte e no momento de sua execução teria proclamado que uma árvore de carvalho iria nascer no local onde ele seria sepultado, para provar sua inocência. 
O corpo de Boyington mais tarde foi enterrado fora dos muros do cemitério no campo de Poter. 
Fiel às suas palavras, anos depois um grande carvalho nasceu em sua lápide que a destruiu ao longo do tempo, restando apenas a árvore em seu lugar, talvez confirmando a inocência do homem morto injustamente.
O carvalho da Boyington é um dos pontos assombrados mais populares do mundo, atraindo diversos curiosos e caçadores de fantasmas. 
Algumas pessoas afirmam que o vento entre galhos da árvore provocam sons aterrorizantes e que sussurros de Boyington ainda podem ser ouvidos, proclamando sua inocência. Será?

A Rainha dos Beija-flores

19:14 Posted by Victinho Fernandópolis



Holmskioldia sanguínea ‘Aurea’ é conhecida popularmente como Chapéu-chines-amarelo e pode ser chamada de rainha dos beija-flores dada a facilidade de atraí-los com suas flores em forma de funil com grande quantidade de nectar, característica que deu origem ao seu nome, que muito se assemelha ao tradicional Chapéu-chines.
Apesar do nome fazer referencia a cor amarela, são encontradas na cor amarela ou vermelho-sangue. Este belo arbusto escandente possui ramos de até 10 m de comprimento e seu impacto visual agrada em muito os olhos e torna-se bem atrativo a pássaros.

Típico de clima subtropical de altitude, o Chapéu-chines-amarelo reproduz-se por estaquia e deve ser cultivado em solo fértil.

Arvores Lendárias - Sumland Baobab

19:02 Posted by Victinho Fernandópolis


Imagine um bar funcionando dentro de uma árvore Baobá gigantesca com estimativa de mais de 6.000 anos de idade.
Sumland Baobab é uma gigantesca e milenar árvore que esta localizada na África do Sul e que, além de um fantástico bar, ainda possui uma rica adega de vinhos para os seus clientes mais exigentes. Tudo isso foi possível por causa de seus dois troncos ocos que estão interligados entre sí, totalizando em torno de 47 metros de circunferencia.
No decorrer de sua longa vida numerosos incêndios internos naturais foram dando origem aos troncos ocos até formar o espaço onde hoje funciona o inusitado bar que foi inaugurado em 1933.
Atualmente, a árvore está em uma área privada, propriedade da família Van Hearden, e está aberto a visitações.

Orquídea Renanthera

19:51 Posted by Victinho Fernandópolis



Nome Científico: Renanthera coccínea
Nome Popular: Renantera
Iluminação: sol pleno
Solo: substrato com partes iguais de terra, areia e pedrisco
Clima: Tropical
Curiosidade: pode ser conduzida na forma de trepadeira
Flores: vermelho-sangue no Verão
Irrigação: a cada dois ou três dias

Trata-se de uma orquídea exótica amplamente cultivada em renques ao longo de muros e cercas, pertencente ao mesmo grupo das orquídeas vanda e phalaenopsis. O mais curioso desta espécie é que ela também pode ser cultivada na forma de trepadeira, desde que for bem conduzida por amarrilhos até que suas raízes se fortalecerem.
Suas flores na cor vermelho-sangue surgem em grande quantidade no Verão e perduram por um longo tempo tornando-se grande atrativo para os pássaros.
De origem tropical a renantera é uma espécie rupícola e deve ser cultivada em sol pleno tanto no solo como em vasos, num substrato preparado com areia, terra vegetal e pedriscos em partes iguais.
A rega deve ser a cada dois ou três dias e adubada a cada quinze dias alternando com NPK 20-20-20 e NPK 04-14-08.

A Renantera conquistou adeptos fieis com sua explosão de flores e versatilidade.

Cipó-de-imbiri

09:34 Posted by Multiflora Fernandopolis



Nome Científico: Dioclea violacea M.
Família Botanica: Papilionaceae.
Nomes Populares: Cipó-de-imbiri, coroanha, micunã, mucunã-assú, Coronha, olho-de-boi, pó-de-mico.
O Cipó-de-imbiri é uma espécie autóctone da América do Sul, vegetando desde as regiões equatoriais até as subtropicais.
Trepadeira de grande porte, com o caule flexuoso, recoberto por densa pubescência castanha. Folhas pecioladas, composta por três folíolos grandes, os laterais quase sésseis e o apical longo peciolulado, ovado-oblongos, abruptamente agudos no ápice e arredondados na base, quase glabros na face inferior e um pouco pubescente na superior. Inflorescência violáceas com a base do estandarte amarela, disposta em rácimos eretos. O fruto é uma vagem séssil, coriácea, com 12 a 14cm de comprimento e 5 a 6cm de largura, revestida por uma densa pilosidade ferrugínea, contendo 3 a 4 sementes achatadas, castanho-avermelhadas, vernicosas, duras, com o hilo preto, com cerca de 2 a 3cm de diâmetro e até 1cm de espessura.
As partes utilizadas do Cipó-de-imbiri são as sementes, que devem ser sempre submetidas ao calor.
·      Espaçamento: 3 x 3m.
·      Propagação: sementes. Faz-se a pré-germinação das sementes em uma bandeja com água.
·      Plantio: primavera. As sementes pré-germinadas são plantadas diretamente no campo, em covas.
·      Tutoramento: para evitar-se o pisoteio e facilitar o manejo da planta, utilizar cercas ou armações de arame para a condução da planta.

Propriedades etnoterapeuticas: Tônico, calmante nervoso e parasiticida.
Indicações: Previne o derrame e remove as seqüelas do derrame. Indicada ainda para a epilepsia.
Formas de Uso: 
·      Infusão: até 1g do pó da semente por xícara de água. Tomar apenas uma xícara ao dia, em goles.
Curiosidades: Pode ser utililizada como formicida.


Florindo o Quintal - Forrações

14:01 Posted by Multiflora Fernandopolis



Existem algumas coisas que você deve saber para manter flores em seu jardim o ano todo e obter mais sucesso no cultivo de suas forrações em 5 dicas simples.

5º Dica - Multiplicação

Multiplicando suas flores - os métodos de multiplicação mais usados pela maioria das pessoas são por meio da divisão de touceiras e da chamada estaquia. No primeiro caso, simplesmente retire a planta da terra com muito cuidado, divida a touceira em unidades menores e torne a plantá-las com a distancia de um palmo entre uma e outra. Se o método escolhido for a estaquia, recolha pontas de ramos de mais ou menos uns 20 centímetros de comprimento, retire as folhas inferiores e enterre  a ponta que foi podada em areia úmida. Mantenha as mudinhas em locais iluminados, mas longe do sol direto. Quando novos brotinhos começarem a aparecer, transplante-os para o local definitivo.


Related Posts with Thumbnails
Fique sempre atualizado!
Receba nossos artigos por e-mail